BEM VINDOS

O presente blog tem como OBJECTIVO PRINCIPAL divulgar as actividades desenvolvidas no âmbito do Projecto Eco-Escolas. As referidas actividades, serão simultâneamente publicadas no blog nacional das Eco-Escolas.


25/04/13

o nosso coração amarelo


O NOSSO TRABALHO PARA A ATIVIDADE.

SIM, NO DIA DA MÃE O CORAÇÃO É AMARELO 

06/04/13

Livro do Ambiente

Livro Do Ambiente by aavaliacao

25/03/13

E ASSIM VAMOS REMANDO CONTRA A FOME


Melhor Refeição/Melhor escultura - "Remar, Remar... Contra a Fome"

Agrupamento de Escolas D. Pedro I - Canidelo, Vila Nova de Gaia

1136 LATAS

ATUM, COGUMELOS, ERVILHAS, GRÃO-DE-BICO, FEIJÃO, MILHO E SALSICHAS

Sobre “REMAR, REMAR… CONTRA A FOME”:
O mar que nos inspira,
É o mar que nos abraça.
É o mar que nos conforta,
Por quem o vento passa.
Venha daí, junte-se a nós!
Embarque… Coragem!
Mesmo contra a corrente,
Faremos esta viagem.
Rasguemos a espuma,
Rumo à mudança.
Num barco de lata,
A luz da esperança.

Equipa Oficial: Susana Neves, Susana Lopes, Daniela Albuquerque,  Lurdes Silva (docentes da Escola Básica do Meiral) e
Dina Azevedo

Agradecimentos: À comunidade educativa do Agrupamento de Escolas D. Pedro I, que falou a uma só voz. Bem-haja!

Instituição apoiada:
Agir Solidário

17/03/13






O QUE É?
A Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos.
QUANDO?
Sábado, dia 23 de março, das 20h30 às 21h30. Apague as luzes e participe da Hora do Planeta 2013.
ONDE?
No mundo todo e na sua cidade, empresa, casa... Em 2012, mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo apagaram as luzes durante a Hora do Planeta.

FELIZ DIA DO PAI


Pelo Planeta...



07/02/13

Na Holanda

Helena Rico, 42 anos, Groningen, Holanda  


 A propósito do desafio sobre os novos hábitos de poupança na abertura do ano lectivo, resolvi partilhar a minha experiência uma vez que vivo no norte da Holanda, onde tudo se passa de modo completamente diferente.
Em primeiro lugar, os livros são gratuitos. São entregues a cada aluno no início do ano lectivo, com um autocolante que atesta o estado do livro.
Pode ser novo ou já ter sido anteriormente usado por outros alunos.
No final do ano, os livros são devolvidos à escola e de novo avaliados quanto ao seu estado.
Se por qualquer razão foram entregues em bom estado e devolvidos já muito mal tratados, o aluno poderá ter de pagá-los, no todo ou em parte.

Todos os anos, os cadernos que não foram terminados voltam a ser usados até ao fim.

O contrário é, inclusivamente, muito mal visto.
Os alunos são estimulados a reusar os materiais.
Nas disciplinas tecnológicas e de artes, são fornecidos livros para desenho, de capa dura, que deverão ser usados ao longo de todo o ciclo (cinco anos).

Obviamente que as lojas estão, a partir de Julho/Agosto, inundadas de artigos apelativos mas nas escolas a política é a de poupar e aproveitar ao máximo.

Se por qualquer razão é necessário algum material mais caro (calculadora, compasso, por exemplo), há um sistema (dinamizado por pais e professores, ou alunos mais velhos) que permite o empréstimo ou a doação, consoante a natureza do produto.

Ao longo do ano, os alunos têm de ler obrigatoriamente vários livros.

Nenhum é comprado porque a escola empresta ou simplesmente são requisitados numa das bibliotecas da cidade, todas ligadas em rede para facilitar as devoluções, por exemplo. Aliás, todas as crianças vão à biblioteca, é um hábito muito valorizado.

A minha filha mais nova começou as suas aulas de ballet.

Não nos pediram nada, nenhum fato nem sapatos especiais.
Mas como é universalmente sabido, as meninas gostam do balletporque é cor-de-rosa e porque as roupas também contam.
Então, as mães vão passando os fatos e a minha filha recebeu hoje, naturalmente, o seu maillot cor-de-rosa com tutu, e uns sapatinhos, tudo já usado.
Quando já não servir, é devolvido.
E não estamos a falar de famílias carenciadas, pelo contrário.
É assim há muito tempo.

O meu filho mais velho começará a ter, na próxima semana, aulas de guitarra.

Se a coisa for levada mesmo a sério, poderemos alugar uma guitarra ou facilmente comprar uma em segunda mão.

Este sistema faz toda a diferença porque, desde que vivo na Holanda, terminou o pesadelo do início do ano.

Tudo se passa com maior tranquilidade, não há a febre do "regresso às aulas do Continente" e os miúdos e os pais são muito menos pressionados.
De facto, noto que há uma grande diferença se compararmos o nosso país e a Holanda (ou com outros países do Norte da Europa, onde tudo funciona de forma idêntica).
Usar ou comprar o que quer que seja em segunda mão é uma atitude socialmente louvável, pelo que existem mil e uma opções.
Não só se aprende desde cedo a poupar e a reutilizar, como a focar as atenções, sobretudo as dos mais pequenos, nas coisas realmente importantes.

04/12/12

Bartolomeu, o Eco-Mosqueteiro

Bartolomeu, o Eco-Mosqueteiro

No dia 12 de novembro, Técnicos Especializados da Suma, deslocaram-se à nossa escola para dinamizaram a campanha de Educação Ambiental “Bartolomeu, o Eco-Mosqueteiro”
Um livro com uma história  e um CD Áudio com o mesmo título, foram os suportes utilizados para a dinamização desta ação.
Foi abordada a política dos 5 R’s - Reduzir, Reutilizar, Reciclar, Respeitar e Responsabilizar - que distingue como Eco-Mosqueteiros todos os que as cumprem.
Os alunos realizaram um conjunto de atividades e jogos de consolidação de praticas e conceitos anteriormente aprendidos.



02/12/12

O NOSSO "WORLD DAY IN ACTION"

We invited the entire community to participate in our cork collection activity for the day, in order to fill up our "Rolhinhas".

All the corks we gathered will be given to Green Cork.

Finally we raised our Eco-School Flag, to show how proud we are to be an Eco-School, for the second year.

15/10/12

A NOSSA ESCOLA ESTEVE LÁ





  Eco-Escolas
 Reportagem RTP1
 

Mais de 1200 escolas foram premiadas pelo mérito na área ambienta

Mais de 1200 escolas foram premiadas pelo mérito na área ambiental. O Pavilhão Multiusos em Gondomar acolheu mais de 4 mil crianças de escolas de todo o país na atribuição das bandeiras verdes. Declarações de José Archer, pres. da Assoc. Bandeira Azul Europa.
 In RTP Informação - Jornal das 19- 10-10-2012


14/10/12

Galardão Eco-Escolas

A nossa escola foi novamente premiada com o galardão Eco-Escola. Parabéns a todos os membros da comunidade educativa, alunos, professores, funcionários, pais e encarregados de educação e associação de pais, que contribuíram para que a nossa escola seja considerada uma Eco-Escola pelo segundo ano consecutivo. A Escola estará representada no dia 10 de Outubro, em Gondomar, para receber o galardão. Esperamos continuar a trabalhar para melhorar o ambiente, contando com a colaboração de todos os elementos da Escola Básica do Meiral! 


Eco-Escolas
 

12/10/12

HINO ECO-ESCOLAS

Somos um só, E cada um pode, Contribuir para melhorar o espaço que o envolve, Só juntos é que fazemos a diferença, Por quanto tempo é que vais agir com indiferença?...

10/07/12

REUTILIZAR

27/02/12

A nossa visita à Suldouro

Visita à Suldouro

Hoje, dia 13, eu fui a uma visita de estudo á Suldouro e vi como se separava o lixo nos ecopontos.
O senhor Ricardo começou por nos falar como se faz a recolha de lixo.
Depois disse que no ecoponto azul punha-se papel e cartão, no ecoponto verde o vidro e no ecoponto amarelo plástico e metal.
Fomos lá dentro ao armazém da Suma onde estavam camiões e tratores a separar o lixo.
Vimos o filme do capuchinho vermelho, onde o lobo mau explicava como se tratava dos tetra pack.
Também aprendi que colchões, máquinas de lavar, sofás etc, eles chamavam de monstros domésticos.
Restos de vidros e cerâmicas não são recicláveis mas sim são espalmados.
Também jogamos jogos que tinham a ver com o nosso ambiente.
Gostei muito da manhã passada na Suldouro, pois aprendi coisas novas e como devemos preservar o ambiente.

Aluna - Maria João Oliveira Pinto

Turma 24 – 3º ano






Visita
de Estudo à Suldouro

Hoje,dia 13 de fevereiro fomos fazer uma visita de estudo. O senhor que nos guiou
chamava-se Ricardo e explicou-nos as coisas. Ele começou-nos a perguntar quais
eram as cores dos Ecopontos e a perguntar o que se deitava lá. Mostrou-nos que
as coisas tinham uma segunda utilidade. Também nos disse que os vidros dos
carros, das janelas, dos pratos e muitas outras coisas, não se põem no Ecoponto
verde. Disse-nos ainda, que o lixo que nós deitamos fora, vai para uma montanha
que eles tinham lá, chamada aterro. Ele contou-nos também que tinham escavado
um buraco do tamanho de treze campos de futebol. Depois fomos para um sítio
onde havia muitos camiões e pediram-nos para estarmos todos juntos. Seguimos
para outro sítio onde o senhor nos disse que faziam cubos de mil quilos. Saímos
desse sítio e fomos lá para fora. Lá tinha coisas separadas, por exemplo: as
coisas do azeite e do vinagre todas juntas, as garrafas de sumo, de água, de
seven up e de coca-cola também todas juntas e muitas mais. De seguida fomos
para um sítio onde estivemos a ver um filme. Depois fomos brincar com as coisas
que tinham e aprendemos brincando. Despedimo-nos do senhor Ricardo e fomos para
a escola do Meiral.
Gostei muito!

Turma – 24 – 3º ano

Diogo Monteiro da Silva

Visita de estudo à Suldouro

Os alunos do 3º e 4º ano fizeram uma visita de estudo às instalações da Suldouro em Vila Nova de Gaia.

18/02/12

HINO HÉROIS DA FRUTA




TRABALHO REALIZADO PELOS ALUNOS DA PROFESSORA PAULA TEIXEIRA - Projecto Lanche Escolar Saudável


03/02/12

Educação ambiental e sustentabilidade

FILHOTE DO FILHOTE - VÍDEO

Valéria e a vida


Valéria é alguém (outra menina) que regressa ao seu vale, que era verde e, de repente, todos os seres aparecem a lamentar-se da sua triste e sufocante vida, devido aos maus tratos que os homens têm feito à água, ao ar, ao solo… Valéria decide que há que tomar medidas: escrever para todas as crianças de todos os países no sentido de estas se recusarem a tomarem determinadas atitudes e até ensinarem os seus pais a não cometerem erros que prejudiquem o mundo, ou seja, o planeta, onde eles querem viver no futuro.


Valéria e a Vida

04/01/12

Banco Alimentar Contra a Fome vai lançar campanha "papel por alimentos"
O Banco Alimentar Contra a Fome vai lançar uma campanha nacional inédita. Chama-se "Papel por alimentos" visa recolher toneladas de papel de escritório, de jornais e revistas para serem trocadas por géneros alimentares. Os interessados podem entregar o papel nas instalações do Banco Alimentar ou nas instituições por ele apoiadas.


16/12/11

GERAÇÃO DEPOSITRÃO

ESTE É O NOSSO CARTÃO " - GERAÇÃO DEPOSITRÃO É..."


15/12/11

Divisão Municipal de Ambiente e Educação Ambiental






Exposição "Árvore de Natal Ecológica"


Convite

O Município de Vila Nova de Gaia convida V. Exa. a visitar a “Árvore de Natal Ecológica” elaborada com os enfeites criados pelos alunos e professores dos Estabelecimentos de Ensino do Concelho, com elevada dedicação e empenho.

A “Árvore de Natal Ecológica” estará exposta no Jardim do Centro Cívico (à Câmara de Gaia) de 16 de dezembro a 10 de janeiro de 2012.

AS NOSSAS DUAS FITAS ESTÃO LÁ


07/12/11

http://fotos.sapo.pt/eUUz151uWhIHJSSn8R7u/

NESTE NATAL...





ECONATAL
: NESTE NATAL DÊ UM PRESENTE AO AMBIENTE



Como o Natal está à porta, este ano seja diferente e ponha em prática o seu lado mais criativo, prático e seja AMIGO DO AMBIENTE. Siga as nossas DICAS, só necessita de alguns materiais usados e muita imaginação para contribuir para um NATAL SUSTENTÁVEL!

Pinheiro de Natal:
:: Não corte um pinheiro, adquira um artificial. Caso opte pelo pinheiro natural, faça-o recorrendo a árvores vendidas com autorização (bombeiros, serviços municipais) como garantia da sustentabilidade do corte;
:: Prefira o azevinho artificial, existem algumas imitações artificiais que podem ser reutilizadas de uns anos para os outros. E não se esqueça o corte de azevinho no meio natural, está proibido por lei.

Enfeites:
:: Se for comprar seleccione de modo criterioso os enfeites, tendo em conta o tipo de material que o constituem e valorize a sua reutilização;
:: Se já tiver bolas, estrelas, fitas do ano anterior faça novas decorações para a sua árvore, reutilizando-as. Nós damos um exemplo:
:: Substitua a tradicional estrela por uma feita com botões, das bolas antigas faça pequenas bolas de corda ou papel colorido, com papel de lustro desenhe e recorte estrelas e sinos;
:: Adquira lâmpadas energeticamente eficientes, e quando se for deitar não se esqueça de as apagar;
:: Pode aproveitar tecidos coloridos que já não têm utilidade e cortá-los em tiras para decorar a sua árvore;
Na mesa:

:: Para identificar os lugares na mesa de natal, utilize marcadores feitos por si. Desenhe estrelas em papel dourado e recorte, tornando a sua mesa mais alegre;
:: Para o centro de mesa, reutilize materiais que tenha em casa tais como, velas, frutos secos, pinhas, folhas secas;
:: Crie o suporte para as velas, utilizando maças. Corte a maça pela parte de cima, retire-lhe a polpa de fruta e coloque lá dentro uma vela. Não se esqueças de aproveitar a polpa da maça!

Os embrulhos:


:: São muitos os materiais que pode utilizar para fazer os seus embrulhos de forma ecológica e original. Em vez de comprar papel, aproveite o que tem em sua casa. Reutilize os pacotes de leite e cereais, rolhas de cortiça, lã e frascos de vidro. Os laços podem ser feitos com sacos de plástico. Utilize a sua IMAGINAÇÃO.
:: Pode também optar por forrar caixas de sapatos e decora-las com ráfia, flores secas e pinhas pequenas.

Os Postais:
:: Faça um postal personalizado. Utilize colagens, pinturas, fitas entre outros materiais;
:: Se for mais dado às novas tecnologias, opte então pelo postal electrónico onde a oferta é muito variada.

Outras sugestões para ter um ECONATAL !

:: Ofereça bilhetes para espectáculos, assinaturas de revistas, em vez de comprar bens de consumo;
:: Ofereça os brinquedos e a roupa que o seu filho já não utiliza a quem precisa;
:: Nas suas comprar de natal reduza os sacos de plástico, lembre-se o mesmo saco dá para mais do que uma prenda;
:: Na escolha dos seus presentes opte por produtos que sejam produzidos por uma empresa que tenha uma politica ambiental confirmada;
:: Prefira produtos de produção local, pois significa menos transporte, menos poluição, menos embalagens e menos consumo de recursos:

27/11/11

RECICLAGEM PARA O NATAL

Material: - Sacos de plástico, tesoura.
Escolha um saco de plástico. Recorte a alça do saco e guarde. Recorte o fundo e as laterais do saco. Depois do recorte, obterá duas folhas de plástico. Com uma caneta, faça um risco em forma de caracol num das folhas que servirá de guia. Coloque uma folha sobre a outra e proceda ao corte de ambas, ficando, assim, com duas tiras de plástico. Enrole as tiras na mão em simultâneo, ou uma seguida da outra. Com a alça que guardou, amarre as tiras em forma de laço e dê um nó. Recorte as laterais dos dois lados. Sugestão – Poderá usar tiras de diferentes sacos, assim o pompom ficará mais colorido. Cole o pompom num círculo de papelão e aplique em embalagens de presentes, ou faça uma bola com duas bases circulares coladas uma na outra. Para dar um efeito mais brilhante, passe cola com glitter no pompom ou cera dourada ou prateada para pátina. Esse conteúdo faz parte do Manual " A ARTE DE REUTILIZAR " de Lúcia Zani

EMBALAGEM DE PAPEL HIGIÉNICO - PASSO A PASSO

Material: - Rolo de papel higiénico, cola branca, pincel, pires (pratinho), - Tesoura, fita, lapiseira, autocolantes.
Passe cola branca com um pincel sobre o rolo de papel higiénico. Espere até secar. Amasse com delicadeza de modo a ficar um rectângulo. Com ajuda de um pires pequeno e uma lapiseira marque um semicírculo nas extremidades. Faça apenas o decalque, sem riscar. Dobre para dentro, tendo como guia o risco que foi decalcado. Use fita e autocolantes e decore a sua embalagem. Sugestão – Se preferir pode pintar o rolo com guache colorido usando botões para decorar ou desenhar com canetas de feltro. Esse conteúdo faz parte do Manual " A ARTE DE REUTILIZAR " de Lúcia Zani

MOLDURA PARA FOTO -PAPELÃO E CÁPSULAS DE CAFÉ

Material: - Pedaço de papelão, cápsulas de café, tinta guache na cor desejada, - Cola líquida, cola branca, pincel, régua, tesoura, fotografia ou desenho.
Misture um pouco de cola branca (1 colher se sopa) com a tinta guache na cor desejada. Pinte o pedaço de papelão. Recorte duas folhas com as dimensões de 16 x 21 cm. No centro da Folha 1 faça um recorte com a dimensão de 10 x 15 cm. Obterá a moldura. Espalme 16 cápsulas de café e cole com cola líquida na moldura. Suporte - Corte uma tira de papelão com 3 cm de largura. O comprimento da tira depende da posição da sua moldura (paisagem ou retrato). Na figura 8 o comprimento da tira é de 21 cm. Dobre ao meio e, com cola branca, cole na Folha 2. A sobra deve ser dobrada ao meio e colada em forma de triângulo na Folha 2. Passe cola nas extremidades da moldura, excepto na parte superior, que deverá ficar aberta para que a fotografia ou o desenho possam ser removidos sempre que desejar. Cole a moldura sobre a Folha 2. Sugestão – Poderá passar cera prateada para pátina com um pincel macio. PODERÁ SUBSTITUIR AS CÁPSULAS POR BOTÕES DIFERENTES.. Esse conteúdo faz parte do Manual " A ARTE DE REUTILIZAR " de Lúcia Zani

EMBALAGEM PARA PRESENTE - PET - GARRAFÃO 5L

Material: - Garrafão de 5 litros, agrafador, X-acto, - Tesoura, fita, autocolantes.
Com um X-acto faça um corte na parte superior como mostra a ilustração. Recorte a parte superior do garrafão e guarde para uma próxima técnica. Corte todas as laterais até ao meio do garrafão, formando 4 abas.
Arredonde com uma tesoura os cantos das 4 abas. Dobre para dentro as 2 abas opostas e una as outras 2 de modo a formar uma alça. Agrafe e enfeite com uma fita ou cordel. Sugestão – Poderá enfeitar a sua embalagem com autocolantes, botões e fitas. Se preferir pintar, use tinta vitral, tinta acrílica ou cera para pátina na cor dourada ou prateada. Se desejar uma embalagem menor, recorte mais nas laterais. Esta embalagem é óptima para chocolates, biscoitos, t-shirts e bijutaria.
Esse conteúdo faz parte do Manual " A ARTE DE REUTILIZAR " de Lucia Zani

BOLA DE NATAL - LÂMPADAS RECICLADAS

Material: - Lâmpadas fundidas, cola branca, cola líquida, pincel, - Papel absorvente ou jornal, fita, cordão, canetas de feltro, cápsulas de café, - Guache na cor desejada, cola com glitter.
Separe as lâmpadas e limpe-as com um pano seco. Com um pincel de cerdas duras, passe cola sobre a superfície da lâmpada e cole duas camadas de papel absorvente ou tiras de jornal, pressionando sempre o pincel sobre a lâmpada para que o papel fique bem justo. Espere secar para poder decorar as bolas de natal.
Pinte com caneta de feltro na cor desejada. Fure uma cápsula de café e passe o fio, dando um nó. Cole a cápsula com cola líquida no bocal da lâmpada. Passe cola com glitter para finalizar. Sugestão – Poderá pintar com guache, colar sobras de papel colorido, de papel de presente, fotos, autocolantes, fitas ou figuras de guardanapos decorativos. Poderá utilizar fitas coloridas substituindo as cápsulas de café. Esse conteúdo faz parte do Manual " A ARTE DE REUTILIZAR " de Lucia Zani

Material: - Garrafa de refrigerante de 2 litros, - Tesoura, fita, X-acto, autocolantes.
Com um X-acto faça um corte na parte superior da garrafa, onde começa o rótulo. Recorte e guarde para uma próxima actividade. Remova o rótulo e recorte em tiras a parte lisa da garrafa (onde se encontra o rótulo). Dobre todas as tiras para dentro da garrafa. Enfeite com fitas, autocolantes ou botões. Sugestão – Se preferir pintar, use tinta vitral, tinta acrílica ou cera para pátina na cor dourada ou prateada. Para uma embalagem menor, utilize a garrafa de 0,5 L ou 1 L. Esta embalagem é óptima para colocar rebuçados, chocolates e bijutaria. Esse conteúdo faz parte do Manual "A ARTE DE REUTILIZAR" de Lúcia Zani

EMBALAGEM PARA PRESENTES - CAIXA DE CEREAIS.

Material: - Caixa de cereais, fita-cola, luva, lápis, - Pedaço de cordel, tesoura, cola branca, acetona, algodão, - Tinta guache, autocolantes, botões.
Com o algodão humedecido em acetona passe por toda a embalagem. Faça movimentos circulares para cima e para baixo. A superfície da embalagem irá desbotar. Espere secar.
Com o lápis faça um furo nas laterais. Passe o cordel ou fita para fazer a alça da embalagem. Sugestão – Poderá passar uma demão de cola branca para dar brilho, ou algumas pinceladas com tinta guache ou tinta dourada. Se desejar cole uma imagem de revista ou sobras de papel de presente. Decore com fitas ou botões antigos. Esse conteúdo faz parte do Manual " A ARTE DE REUTILIZAR" de Lúcia Zani

EMBALAGEM PARA PRESENTE -PACOTES DE LEITE

MATERIAL - Pacote de leite, cola, tesoura, canetas de feltro, - Fita, cordão, guache na cor desejada, autocolantes.
Lave bem o pacote de leite. Descole as abas no fundo do pacote. No meio do pacote onde aparece a junção, puxe e levante uma das pontas de modo a descolar todo o revestimento do pacote como mostra a ilustração acima. Puxe devagar para que o papel saia inteiro. Observação: Guarde esta folha que servirá para uma outra técnica, pois parece cartolina plastificada. Decore a embalagem como desejar. Espalmada, obterá um saco. Na forma do pacote de leite obterá uma sacola, não esquecendo de colar as abas no fundo da embalagem. Sugestão – Poderá pintar com guache, canetas de feltro, colar restos de papel colorido, de papel de presente, fotos, autocolantes e fitas. Se optar pela sacola, faça um furo nas laterais e coloque um fio ou uma fita. Personalize os seus pacotes de presentes. Esse conteúdo faz parte do Manual " A ARTE DE REUTILIZAR" de Lucia Zani

ESTRELA DE NATAL - GARRAFA PET

Material: - Garrafas de refrigerante, - Tesoura, cola líquida, cola com glitter, - Cápsulas de café, fio ou fita.
Remova o fundo da garrafa, tendo como orientação o círculo marcado na mesma.
Observe que no fundo da garrafa existem espaços, que estão assinalados como mostra a foto acima. Faça um corte entre os espaços. No fundo incolor existem cinco espaços e seis no fundo verde. Comece por unir as pontas para dentro, dobrando de modo a formar um triângulo. Repita o processo até formar todas as pontas da estrela.
Amasse a cápsula de café que será o centro da estrela. Cole com cola líquida. Decore a estrela com cola com glitter na cor desejada. Se pretender pendurá-la, terá que fazer um pequeno furo com uma agulha aquecida no fogo. Passe um fio ou fita e pendure onde quiser.
Sugestão – Poderá pintar a estrela com canetas permanentes ou tinta vitral. Várias estrelas coladas num círculo formam uma coroa ou um enfeite para o centro da mesa. Poderá substituir a cápsula de café por bolinhas de papel prata, rolhas de cortiça ou tampas de garrafas. Este conteúdo é parte do Manual "A ARTE DE REUTILIZAR" de Lúcia Zani